1934

26 /01/1934 – 11 /09/2018.

Filha da cantora Amália Fernandez Conde e José Ramon Conde Rivas, sobrinha do compositor Oscar Lorenzo Fernandez.  –

1937

Com cinco anos, inicia as aulas do Curso de Iniciação Musical com Antônio Sá Pereira e LiddyChiafarelli Mignone. Conservatório Brasileiro de Música[1]

[1] Fundado em 1936 por Lorenzo Fernandez, Amália Conde e mais quatro músicos: Aires de Andrade, Antonieta de Souza, Roberta Gonçalves e Rossini de Freitas, todos medalhas de ouro da Escola Nacional de Música, hoje UFRJ.

1950

  • Aluna do 2º Superior de Canto (Professora Amália Fernandez Conde)
  • Colação de grau em Piano (Professora Dulce Vaz de Siqueira)

1951 – 1952

  • Professora de piano do CBM .Concurso de especialização do Conservatório Brasileiro de Música.
  • Tese para professor de Iniciação Musical. Título: O valor da psicologia na Iniciação Musical.Especialização em Iniciação Musical pelo Conservatório Brasileiro de Música. Título da monografia: Processo Pedagógico em Educação Musical. Orientador: LiddyChiaffarelli Mignone.

1956

Solista do Conjunto de Percussão do CBM, . Regência Dora Pinto. Professora de Iniciação Musical no CBM,

1957

  • Liddy Mignone pede a direção do CBM que inclua Cecilia Conde no quadro de professores assistentes do Curso de Especialização para a Formação de Professores de Iniciação Musical, assim como agregada ao Curso de Especialização para Professores de Iniciação Musical.

1960 – 1961

  • Professora da Escola Israelita Brasileira Eliezer Steinberg.1960, 1961.

1962

  • Cecilia, Pedro Dominguez, Ilo Krugli e Helena Barcellos fundaram o Núcleo de Atividades Criativas (NAC), uma escola de arte livre.6

1963

  • Cecilia ofereceu-se para trabalhar na Casa das Palmeiras, uma clínica psiquiátrica dirigida pela Drª Nise da Silveira, depois de admirar suas ideias, expostas em uma palestra sobre arte, enfocando Guernica de Picasso e Schuman. Ficou até 1966.

1963

Inicia suas atividades no campo teatral, compondo para a cena no grupo de Teatro de Bonecos de Ilo Krugli e Pedro Touron, onde atua até 1970.

1964

Professora de Iniciação Musical no Curso Intensivo organizado pela Escolinha de Arte de Brasil: “As atividades artísticas em função do desenvolvimento da criança”, de 21 de janeiro a 5 de fevereiro de 1964, em Maceió.

1964 a 1987

  • Compositora e diretora musical. Compôs música para mais de 30 espetáculos teatrais e para cinco filmes. Realiza trabalhos de “ambientação musical” para os principais grupos cariocas dos anos 70, especialmente o Teatro Ipanema, que fazem parte de um conjunto de inovações cênicas que forjam a estética praticada nas encenações teatrais do período.

1966

  • Professora do curso de “expressão corporal: importância no processo educativo e na reabilitação – análise de experiências” junto com Pedro Touron. Oferecido para Educadores de Oficinas promovido pela Sociedade Pestalozzi do Brasil, julho de 1966. Programa que faz parte do currículo desenvolvido pela EAB “As atividades artísticas na educação do excepcional”.

1967

  • Assina a música de O Barbeiro de Sevilha, de Beaumarchais, direção de Paulo Afonso Grisolli.

1968

  •  Volta a trabalhar com o diretor Paulo Afonso Grisolli em A Parábola da Megera Indomável, autoria do próprio Grisolli, em 1968, espetáculo inaugural do grupo experimental A Comunidade. Compositora e diretora musical. Com Tite de Lemos em Hipólito, de Eurípides

1969

  • Colabora com o Teatro Ipanema na sua fase áurea, em Como se Livrar da Coisa, de EugèneIonesco, direção de Rubens Corrêa, [1]
  • Trabalha também no teatro infantil, merecendo destaque suas músicas para Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado. Convite do Conselho Britânico para uma visita a Londres Trabalha também no teatro infantil, merecendo destaque suas músicas para Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado. Convite do Conselho Britânico para uma visita a Londres

1970

Prêmio Molière – Melhor Música para Teatro .Compositora e diretora musical O Arquiteto e o Imperador da Assíria, de Fernando Arrabal, dirigido por Ivan de Albuquerque

1971

  •  Compositora e diretora musical Hoje É Dia de Rock, de José Vicente
  • I Encontro Nacional de Educação Artística, coordenação José Maria Neves e Cecilia Conde, no CBM,

1972

  • Compositora e diretora musical A China É Azul, de José Wilker. Prêmio de
  • Melhor Música para Teatro Infantil (O barquinho, de IlloKrugli) (Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro
  • Criação do 1º. curso de Musicoterapia no Brasil, em 1972 por três educadoras musicais: Grabriela Souza e Silva, Doris Hoyer de Carvalho e Cecilia Conde.
  • Prêmio Funarte 1972 para o Melhor roteiro para filmes de curta- metragem, juntamente com Nelson Xavier, sobre a Linguagem Musical Infantil Morro da Mangueira, Prêmio Funarte.

1973

  • Palestra com o Grupo de Teatro de Barcelona sob a direção de RicardSalvat –
  • Palestra para os alunos do Curso de Artes na Calouste Gulbenkian – Lisboa – Portugal

1974

  • III Encontro Nacional de Educação Artística, coordenação José Maria Neves e Cecilia Conde, no CBM –
  • Compositora e diretora musical. Ensaio Selvagem, de José Vicente, direção de Rubens
  • Compositora e diretora musical Avatar, de Paulo Afonso Grisolli,
  • Cantora, pesquisadora e diretora musical espetáculo Louvação, Cantos religiosos e profanos da cultura popular brasileira, recolhidos pela Cecília e pelo intérprete e pesquisador Fernando Lébeis. Músicas cantadas por quatro vozes, acompanhadas de instrumentos acústicos: Cecília, Fernando Lébeis, Lourenço Baeta, David Tygel. 

 

 

1975

  • I Encontro Brasileiro de Musicoterapia, coordenação Cecilia Conde, José Maria Neves, Dóris H de Carvalho, Gabrielle Souza e Silva. CBM–
  • Assessora Técnica do Departamento Cultural da Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Rio de Janeiro – 1975-1982.

1976

  • Espetáculo experimental posterior, como a Nau Catarinetacom direção musical de Cecília Conde.
  • Coordenou a pesquisa “Significado e Funções da Música e do Povo na Educação – INEP/MEC/SOBREART.

1977

Como compositora e diretora musical trabalha mais uma vez com Paulo Afonso Grisolli, em Não Me Maltrate, Robinson,

1979

  • Participação no Encontro Latino Americano de Teatro (TOLA) – New York – USA – .

1980

  • I Simpósio Brasileiro de Musicoterapia, CBM/Associação de Musicoterapia do RJ, Centro de Documentação e Pesquisa da Fundação Rio, produziu o LP “Folia de Reis no Morro de Santa Marta”, que contou com pesquisa de Cecília Conde e José Maria Neves.

1981

  • Encontro     Nacional         de        Educação        Artística,         coordenação Cecilia   Conde, FUNARTE/CBM,
  • Pesquisadora Sênior na “Experiência em Educação Criadora na Escola Humberto de Campos (Morro da Mangueira) na periferia urbana -RJ 1.

1982

  •  Assistente e Pesquisadora do Centro de Documentação da Cultura do Povo Fundação Rio. membro do Júri do Prêmio de Musicologia da “Casa de Las Américas” em Cuba.
  • Coordenadora junto com José Maria Neves[1] da pesquisa “Chico Antônio e seu Meio”- no Rio Grande do Norte- Instituto Nacional de Folclore/MINC.
  • Pesquisa Música e Interação entre Educação Básica e os Diferentes Contextos Culturais – CBM/Instituto Nacional de Folclore – Coordenação com José Maria Neves – MEC –
  • Coordenadora de Ação Cultural do Programa Especial de Educação, da Secretaria Extraordinária e Programas Especiais do Estado do Rio de Janeiro, junto ao Prof. Darcy Ribeiro na implantação dos Centros Integrados de Educação Pública (CIEP) de 1982/1986 e 1990/1994, criando a coordenação de Animação Cultural nas Escolas de Horário Integral 1982-1986 –nos CIEPS. Mudança de governos e os CIEPs são interrompidos mais uma vez, de 1990 a 1994.

1983

  • Texto CONDE, C. F.; NEVES, J. M. Chico Antônio e seu meio. Estrada Nova Jornal do Instituto Nacional do Folclore, Rio de Janeiro, p. 8 – 17, 01 jan.
  • Foi a responsável pela criação do primeiro mestrado em Música credenciado no país, juntamente com José Maria Neves além de inúmeros projetos nas áreas da música, educação musical, arte educação e Musicologia. 1

1984 – 2000

  •  Orientou mais de 10 dissertações de mestrado no CBM e participou de algumas bancas na UNIRIO, UFF, UFRJ, Fundação Getúlio Vargas e CBM.
  • Montagem da ópera “As variedades de Proteu”, Projeto e produção de Cecilia Conde, José Maria Neves e Amir Haddad.
  • Projeto de Pesquisa Perspectivas da Metodologia de Educação Musical no Brasil- CNPq

1985

  • III Simpósio de Musicoterapia, FESP/CBM/AMT-RJ
  • Capítulo da Revista CONDE, C. F.; NEVES, J. M. Música e educação não formal. In: Paulo Affonso Grisolli; Noemia de Araujo Varela. (Org.). Pesquisa e Música. 1ed.Rio de Janeiro: Machado Horta Editora e Publicidade Ltda, 1985, v. 1, p. 41-52.

1986

  • IV Encontro Nacional de Educação Musical, coordenação Cecilia Conde e José Maria Neves. FUNARTE/IBM/CBM

1987

  • Banca de mestrado Pastorinhas de São João – A reconstituição da memória de um grupo – por Rosa Maria Barbosa Zamith.  Área: Etnomusicologia –– CBM.

1988

  • Produção Artístico Cultural do Projeto Música na Hora do Almoço realizado no Paço Imperial patrocínio Montrealbank/Banco Crédit Commercial de France
  • Assessora Cultural da Televisão Educativa – TVE -RJ
  • Compositora e diretora musical. Extra-Vagância, de Dacia Maraini,
  • Orientação da dissertação de mestrado A Produção Musical e o Ensino da Música – Um Estudo filosófico – por Antônio José Jardim e Castro.  Área: Educação Musical
  • Orientação da dissertação de mestrado A Banda de Música na Escola de Primeiro e Segundos Graus – por Hermes de Andrade. Área: Educação Musical.
  • Banca de mestrado A Metodologia Marxista na Historiografia da Música no Brasil – por Henrique Emanuel Gomes Pedrosa.  Área: Musicologia –
  • IV Simpósio de Musicoterapia, UERJ/CBM/AMT-RJ, 1988.
  • Orientação da dissertação de mestrado O Piano – Instrumento de Livre Expressão – por Moema Craveiro Campos.

1990

  • Na década de 90 coordenou inúmeros projetos nas áreas de Música, Musicoterapia e Educação Musical.
  • Orientação da dissertação de mestrado Contemporaneidade Musical na Escola Normal – Co-existência de vários tempos – por Rosa Fuks.  Área: Educação Musical
  • Coordenou o VI Congresso Mundial de Musicoterapia –– Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Realização e Coordenação do Conservatório Brasileiro de Música, Associação de Musicoterapia do Estado do Rio de Janeiro.  Patrocínios- Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Transportes, Departamento de Parques e Jardins / CoPatrocínio: Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, Empresa de Obras Públicas do estado do Rio de Janeiro, Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência CORDE-MAS,
  • Coordenadoria de Educação Especial- SENEB/DDE/ME, EMBRATUR, Montrealbank. Este congresso contou com mais de 600 participantes representando 24 países. Este Congresso Mundial foi um marco na história mundial da Musicoterapia.

1991

  • Banca de mestrado O Ensino da Trompa na Escola de Música da UFRJ – por Carlos Gomes de Oliveira.   Área: Educação Musical –
  • Ópera Bodas de Fígaro Mozart– Palácio da Cidade – Patrocínio Prefeitura do Município da Cidade do Rio de Janeiro / FUNARTE.
  • Criação do Núcleo de Ópera “Bodas de Fígaro” de Mozart direção Nelson Portella. CBM/Rio Arte

1992

  • Ópera Dom Giovanni de Mozart– Palácio Gustavo Capanema – Direção: Nelson Portella – patrocínio Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro / FUNARTE.
  • Ópera Dom Giovanni de Mozart.  Direção: Nelson Portella. CBM/Prefeitura. Realizada no Museu de Arte Moderna e no Espaço Cultural Sérgio Porto.
  • Coordenadora de Animação Cultural do 2º Programa Especial de Educação nos Centros Integrados de Educação Pública (Ciep) – 1992/1993/1994.

1993

  • Participou do VII Congresso Mundial de Musicoterapia- Espanha,
  • Orientação da dissertação de mestrado A Eficácia das Oficinas de Música como Metodologia de Educação Musical – por José Nunes Fernandes. Área: Educação Musical
  • Banca de mestrado O Pífano da feira de Caruaru: Contexto, Características e Aspectos Educativos – por Marco Antônio Caneca.  Área: Educação Musical CBM
  • Banca de mestrado O Discurso Universitário e a questão do erudito/popular na Música – por Vivonne de Souza Lanzelloti.  Área: Educação Musical –– CBM.
  • ÓperaTurandot Puccini. – Praça Apoteose – Direção: Nelson Portella e Amir Haddad – Realização CBM. Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro/Riotur.
  • Foi presidente do Comitê Latino-Americano de Musicoterapia (1993-1999).

1994

  •  Assessora de Arte e Educação no Instituto Nacional de Surdos do Rio de Janeiro
  • Ópera Bodas de Fígaro Mozart. –– Sala Cecilia Meireles – Direção: Nelson Portella e Lucia Coelho. Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Apoio SESC. CBM/Rio Arte e Riotur.
  • Ópera Carmen de Bizet. Direção Nelson Portella. CBM/Riotur/Metropolitan, 1.
  • Coordenou Encontro Latino-Americano de Musicoterapia  -Hotel Glória – realização Conservatório Brasileiro de Música e Associação de Musicoterapia do Estado do Rio de Janeiro. – Patrocínio Governo do Estado do Rio de Janeiro.
  • Banca de mestrado Do Funcional ao expressivo. Uma abordagem filosófica à pedagogia em música no século XX – por Elza LancmannGreiff.  Área: Educação Musical –– CBM.

1995

  • Conferencista no VIII Simpósio de Musicoterapia –São Paulo-
  • Membro honorário do Foro Latinoamericano de Educación Musical (FLADEM)[1].
  • Banca de mestrado Os Tangos para piano de Chiquinha Gonzaga. Uma análise crítica – por Talitha Maria Cardoso Peres.  Área: Musicologia– CBM.

1995

  • I Festival Liszt –Este festival reuniu durante uma semana 25 pianistas em 14 concertos em diferentes espaços da Cidade do Rio de Janeiro – Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura.

1995

  • Fez a coordenação junto com José Maria Braga do Projeto “Tocando a Vida”- da prefeitura da Cidade do RJ/BID (1995 a 2000). Este projeto oferecia o ensino da música e os instrumentos às crianças e jovens de baixa renda do Município do RJ. Realizado nos núcleos das escolas de samba. Neste período formou-se a Orquestra de Cordas Dedilhadas. Patrocínio BID e Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.
  • Ópera La Traviatta de Verdi direção Nelson Portella CBM/Prefeitura. Realizado no Theatro Municipal.

1996

  • Prêmio Nacional da Música – Categoria: Educador Musical- Funarte/ Ministério da Cultura –
  • II Festival Liszt – Este festival reuniu durante uma semana 41 pianistas e 1 atriz em 17 concertos em diferentes espaços da Cidade do Rio de Janeiro. O Festival homenageou Carlos Gomes- Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura.
  • I Festival de Música Antiga–- Este festival reuniu durante uma semana 50 músicos em 09 concertos em diferentes espaços da Cidade do rio de Janeiro. – Patrocínio Conservatório Brasileiro de Música / apoio Brascan, Casas Sendas, centro de Artes da UFF, Embaixada do Canadá e FUNARTE.
  • Banca de mestrado O Ensino do piano através da música contemporânea brasileira. Um estudo centrado em obras de Ernst Widmer – por Marcos de Souza Ferreira. Área: Educação Musical – 1996- CBM.
  • Banca de mestrado Flor do Mar, oi lá, Flor do Mar, oi lá. Um estudo da relação Folclore e Educação -por Maria Lucy Abelin Saldanha Marinho. Área: Educação Musical – 1996 – CBM
  • Banca de mestrado O Trabalho com o corpo uma experiência de expressão corporal – por Ausonia Bernardes Monteiro. Área: Educação Musical – 1996 – CBM.

1997

  • Coordenou os trabalhos de Música e Saúde no Congresso Latino-Americano de Educação Musical – ABEM-ISME- Salvador- BA.
  • Convidada e apresentou trabalho no Encontro de Especialistas em Educação Musical – Caracas – Venezuela-
  • Participou do Simpósio Rio Platense de Musicoterapia – Montevideo – Uruguai –
  • Orientação da dissertação de mestrado LiddyChiaffarelli Mignone: Reconstruindo sua Trajetória – por Inês de Almeida Rocha.  Área: Educação Musical –
  • Homenagem ao Centenário de nascimento do compositor Lorenzo Fernandez– – Cinco concertos realizados durante todo o ano na Sala Cecilia Meireles e o último no Theatro Municipal – Patrocínio Banco Real, apoio Fundo Nacional de CulturaMinistério da Cultura, FUNARTE, Governo do Estado do Rio de Janeiro, e Secretaria Municipal de Cultura.
  • Concerto dos Sinos–  – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro -.  Composição do espanhol LlorençBarber para a chegada do Papa João Paulo II – Este concerto aconteceu em 23 igrejas com a participação de 134 músicos e estudantes.
  • Lançamento do Selo Comemorativo do Centenário de Lorenzo Fernandez – 1997 – Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos /CBM.
  • II Festival de Música Antiga – – Este festival reuniu durante uma semana 25 pianistas em 14 concertos em diferentes espaços e igrejas da Cidade do Rio de Janeiro – Patrocínio Conservatório Brasileiro de Música – Centro Universitário.
  • Concerto de Louvação – 1997-  Obras encomendadas a cinco compositores em homenagem a vinda do Papa João Paulo II e produção de um CD – Coordenação CBMCEU – Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro- Sala Cecilia Meireles
  • Curadoria dos Concertos para a Juventude de 1997 à 2000. As Secretarias Municipal de Educação e de Cultura solicitaram ao CBM a produção e realização dos “Concertos para a Juventude”, retomando o projeto que marcou a formação de um público jovem desde a década de 40. – Patrocínio Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

1998

  • IV Festival Liszt –– Este festival reuniu durante uma semana 32 músicos além dos 50 músicos da Orquestra Sinfônica Nacional da UFF em 09 concertos em diferentes espaços da cidade do Rio de Janeiro e homenageou os 70 anos do compositor Edino Krieger. Patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura/apoio SESC Nacional.
  • Convidada pelo Ministério da Educação e Cultura – MEC – para ser avaliadora do Curso de Musicoterapia da Faculdade do Salvador/BA, a fim de ser reconhecido pelo Ministério –
  • Eleita Presidente do Comitê Latino Americano de Musicoterapia –.
  • Apresentou palestra no II Encontro Latino-Americano de Musicoterapia–RJ – Arte/ Educação Inclusiva – S. Paulo
  • Coordenou o II Encontro Latino-Americano de Musicoterapia  – Hotel Novo Mundo – realização CBM, AMT-RJ, UBAM- Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.
  • Consultoria para o Projeto Música na Escola da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG –
  • Orientação da dissertação de mestrado: Repensando o Ensino do Piano – Uma Análise da Pedagogia dos Métodos de Iniciação ao Piano – por ElnyBognanow. Área: Educação Musical
  • Orientação da dissertação de mestrado O Adulto fazendo Música: Em busca de uma nova abordagem na Educação Musical de Adulto – por Flávio Gomes Tenório de Medeiros.  Área: Educação Musical.
  • Banca de mestrado Villa-Lobos: a possibilidade do diálogo entre o popular e o erudito – por Christiane Reis Dias Villela Assano. Área: Educação. Professora convidada pela Universidade Federal Fluminense – UFF –
  • Concertos no Palácio da Cidade –. Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Ministério da Cultura.
  • III Festival de Música Antiga –- Este festival reuniu durante uma semana 87 músicos em 13 concertos em diferentes espaços da cidade do Rio de Janeiro e também ofereceu 01 palestra e workshop de flauta doce e canto. Patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, RIOARTE /apoio SESC Nacional.

1999

  • Membro da Academia Brasileira de Música – eleita em  para a vaga de Bidu Sayão.
  • Medalha Augusto Rodrigues comemorativa dos 50 anos da Escolinha de Arte do Brasil –
  • Participou do IX Congresso Mundial de Musicoterapia em Washington – USA-.
  • IV Festival de Música Antiga–  Este festival reuniu durante uma semana 95 pianistas em 8 concertos em diferentes espaços da Cidade do Rio de Janeiro – Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, RIOARTE / apoio SESC Regional.
  • V Festival Liszt–  – Este festival homenageou Chopin e reuniu durante uma semana, 101 músicos e contou com a presença da Orquestra Sinfônica Brasileira com regência de Henrique Morelembaum em 09 concertos.  Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura.
  • Fez parte da Equipe de Coordenação do projeto “Música na Escola” parceria entre o Conservatório Brasileiro de Música e a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, juntamente com Helena Trope e Marco Antonio Carvalho Santos. Nesse projeto foram publicados 5 livros com CDs e 2 vídeos com material didático destinado a professores das escolas públicas.
  • Participou do Projeto Buscando Caminhos Através das Artes– 1999 e 2000 – Realizado nos CEMASI- Patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro
  • Conselheira da Orquestra Sinfônica Brasileira de 1999 –2002 e 2007-2008.

2000

  •  Convidada pela Universidade Federal de Minas Gerais – BH para avaliar a criação do Curso de Graduação de Musicoterapia
  • Palestra de Abertura do X Simpósio Brasileiro de Musicoterapia- Porto Alegre-
  • Congresso Internacional de Educação Pública “Educação para todos, o desafio do terceiro milênio”
  • VI Festival Liszt – Este festival reuniu durante uma semana, 102 músicos em 10 concertos. Apresentando Orquestra Sinfônica Nacional da UFF sob regência de Ligia Amadio. Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Instituto Municipal de Arte e Cultura – RioArte.
  • V Festival de Música Antiga–  -Este festival reuniu durante uma semana 75 pianistas em 9 concertos em diferentes espaços da Cidade do Rio de Janeiro / Patrocínio Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, RIOARTE.
  • Júri no Concurso de Piano Magdalena Tagliaferro – São Paulo (2000).
  • Orientação da dissertação de mestrado: Processos Criativos em Educação Musical aliados às Novas Tecnologias – por Ana Mary de Freitas Cervantes Siqueira
  • Orientação da dissertação de mestrado: A Consciência Corporal no Processo de Educação Musical – por Valéria Carvalho da Silva –

2001

  • Participação em banca de mestrado Análise dos Processos do Ensino de Aprendizagem do acompanhamento do Choro no Violão de 6 Cordas por Carlos Antonio Gomes da Costa Chaves  –UniRio –. Presidente do Júri do Concurso de Piano Maria Campina – Cidade Faro- Algarves (Portugal) nos anos de 2001, 2002 e 2004.
  • Júri no Concurso de Piano da UFRJ
  • Recebeu a Medalha Darcy Ribeiro – categoria Educador – Conselho Estadual de Educação –

2001

  • 3 Séculos de Piano – 2001. Concertos e palestras e workshops realizados no Museu Nacional de Belas Artes, Centro Cultural da Justiça Federal, Paço Imperial, Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, Auditório Lorenzo Fernandez, Museu Imperial – Petrópolis e Sala Cecília Meirelles, Teatro Municipal Trianon – Campos, Núcleo Cultural FESO Pro Arte-Teresópolis – Patrocínio Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro.
  • Concurso Nacional de Canto Amália Conde – Realizado no Conservatório Brasileiro de Música – Auditório Lorenzo Fernandez. – Patrocínio MINC, Governo do Estado do Rio de Janeiro/ FUNARTE, Rádio MEC, Consulado Geral da Espanha.
  • Abertura do Seminário do Fórum Latino Americano de Educação Musical (FLADEM) em Buenos Aires, Argentina-

2002

  • Presidente de Honra e participação na abertura do I Congresso Latino Americano de Musicoterapia e na mesa redonda: “Musicoterapia em Comunidades” – Buenos Aires – Argentina –
  • Palestra Arte Popular no Estado do Rio de Janeiro na Casa França Brasil.
  • I Encontro Nacional de Pianistas – Realizado no Museu Nacional de Belas Artes e Auditório Lorenzo Fernândez (CBM) – Patrocínio MINC.
  • Foi coordenadora do projeto Buscando Caminhos através das Artes – CBM/Fundação Leão XIII – junto com a Musicoterapeuta Marly Chagas de 2002 a 2004. Realizado nos Centros de Recuperação de Fonseca, Itaipu, Campo Grande e Bonsucesso – Patrocínio Governo do Estado do Rio de Janeiro /Fundação Leão XIII.

2003

  • Coordenou em  o Seminário de Educação Musical Infantil (CBM/FAPERJ).
  • Coordenou o Seminário Música na Educação Fundamental–03. Realizado no Auditório Lorenzo Fernandez do Conservatório Brasileiro de Música – Patrocínio Governo do Estado do Rio de Janeiro/FAPERJ.
  • Participou do Encontro Estadual de Secretários Municipais Secretaria de Cultura do Estado RJ.
  • Cantando a Poesia –.  Realizado no Centro Cultural Banco do Brasil do RJ – Patrocínio Centro Cultural Banco do Brasil.
  • Júri no Concurso de Piano Nelson Freire – OSB- RJ (2003 e 2004)
  • Trabalhou na Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Ocupando   o cargo de Subsecretaria de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro de 2003 a 2007.

2004

  • Coordenadora do XIII Encontro Nacional de Educação Musical da Associação de Educação Musical ABEM – juntamente com Regina Márcia da UNIRIO na cidade do Rio de Janeiro.[1]
  • Escreveu CONDE, C. F.; TROPE, H. R.; BRAGA, J. M.; SANTOS, M. A. C.; NOGUEIRA, M. V.; SANTOS, R. M. S.; COHEN, S. Seminário Música na Educação Fundamental Anais. In: Seminário Música na Educação Fundamental, 2004, Rio de Janeiro. Seminário Música na Educação Fundamental Anais. Rio de Janeiro: Conservatório Brasileiro de Música – Centro Universitário / FAPERJ, 2004. v. 1. p. 1102.
  • Palestrante no Fórum “Gênero e Diáspora” realizado pelo Conselho Fiscal em Santiago de Compostela da Junta de Galícia – Espanha
  • Música um Caminho para a Vida. Realizado na Unidade da FIA da Cidade de Deus. Patrocínio Governo do Estado do Rio de Janeiro/ Fundação de Infância e Adolescência (FIA).
  • Participação no Fórum Cultural Mundial- Seminário RJ- Encontro Estadual de Secretários Municipais de Cultura 2004 e 2006.

2005

  • Membro Honorário da Academia Nacional de Música 7 / julho / 2005.
  • Participação no Encontro de Secretários Municipais de Cultura Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro. Encontro de Secretários Municipais de Cultura.
  • Parecerista e Participação na Mesa redonda de Educação Musical do XV Congresso da ANPOM-
  • Participação no Seminário Os Sentidos da Leitura.
  • Convidada para o Congresso Mundial de Cultura e Desenvolvimento –Havana – Cuba-
  • Curadora do Projeto Cenas Nas Músicas Contemporâneas parceria OI Futuro e a Secretaria das Culturas do Estado do Rio de Janeiro, entre 2005 e 2008 no Centro Cultural Telemar.

2006

  • Cenas de Música Contemporânea– Realizado no Centro Cultural Telemar – Patrocínio Telemar /Lei do Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro
  • Membro Conselho Consultivo da Associação de Musicoterapia do Estado do Rio de Janeiro – Participação na Mesa redonda “Educação e Cultura: Novos Espaços, Novos Tempos, Novas aprendizagens” – Fórum Educação, Cultura e Patrimônio- Valença
  • Participação no Simpósio Brasileiro de Musicoterapia – Goiânia 2006 (homenagem e palestra)
    Prêmio Bennett Mulher 2006 – Instituto Metodista Bennett.
  • Cenas de Música Contemporânea II – Todas as Vozes –

2007

  • Concertos, oficinas e palestras – Realizadas no Centro Cultural Oi Futuro – Patrocínio OI Futuro /Lei do Incentivo À Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

2007 – 2014

  • Diretora Geral do Conservatório Brasileiro de Música.
  • Realizou Projeto Social com as Crianças da Comunidade Dona Marta em parceria com a Casa de Caridade São Bonifácio-

2008

  • Projeto “Música para Todos”, realizado com crianças e jovens da Comunidade Dona Marta.
  • Apoio ao Projeto “Quem Canta seus Males Espanta…” 2008-2009 – Inclusão social através da música visando uma formação musical para jovens/meninas de São Gonçalo – Coordenação Adriana Rodrigues Didier.
  • Apoio ao Projeto de musicalização através de aulas de violão e percussão na sede do CBM-CEU para 14 meninos de baixa renda encaminhados pelo Rio Scenarium –

2010

  • Participou do Projeto Sons e Expressões – FAPERJ – 2010 – Elaboração do Livro Didático – Música nas Escolas – Dr. Marcos Nogueira (UFRJ), Cecilia Conde e Adriana Rodrigues Didier.
  • Cecilia Conde e Adriana Rodrigues desenvolvem e criam a Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical do Conservatório Brasileiro de Música – Centro Universitário em parceria com o Foro Latinoamericano de Educación Musical (FLADEM/Fladem Brasil).

2012

  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Thais Soares Bezerra,.

2013

  • Conselheira da Fundação Darcy Ribeiro e da Associação de Amigos do Museu Nacional de Belas Artes
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Eduardo Teixeira Destord,.
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em
  • Educação Musical de Elizabeth Mendonça Dau,

2014

  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Dalmo Carqueja Mota,.
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de David Tygel
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Waldir Lugtardes Neves Lacerda
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Leonardo Moraes Batista,
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Rosana de Oliveira,.
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Santiago Corrêa Galdino dos Santos
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Lourenço Bastos Baeta
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Ceciliana Ferraz da Silveira Machado
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Alessandra Alexandroff Netto,
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Margareth Carmen Krüger Rittmeyer
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Katiane Borghesan Reis,
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Maria Angélica de Toledo Calderano,
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Michele de Souza Senra,
  • Recebeu homenagem Na abertura do XXI SEMINARIO LATINOAMERICANO DE EDUCACIÓN MUSICAL del FLADEM 2015, Escola de Música da UFRJ.

2016

  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Phelipe Souza Henriques,

2017

  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Julia Rodrigues Medeiros,
  • Presidente da Banca de monografia da Pós-Graduação Lato Sensu – Especialização em Educação Musical de Rodrigo Marques de Carvalho

2018

Falecimento no Rio de Janeiro